Ford investe US$ 1.3 bi para produção do novo Fusion 2013

Novo Ford Fusion 2013

 

A Ford anunciou na última semana um investimento de US$ 1,3 bilhão na planta de Hermosillo no México, nas áreas de estamparia e linha de montagem para a produção da nova geração do Fusion e do Lincoln MKZ. Apresentado no início deste ano durante o Salão de Detroit, o novo sedã grande deverá desembarcar no mercado brasileiro entre agosto e setembro deste ano, importado direto da fábrica mexicana da empresa.

 

Em operação desde 1986, a unidade emprega atualmente cerca de 2,7 mil funcionários, volume que deve saltar para, em média, 3,7 mil trabalhadores para a fabricação dos novos automóveis. “Este investimento nos permitirá produzir o novo Ford Fusion e o Lincoln MKZ, contribuindo para atender à demanda crescente do consumidor pelos veículos”, afirmou Mark Fields, presidente da Ford para as Américas.

Ford apresenta o modelo do novo Fusion 2013.

Novo Fusion 2013

 

Depois de movimentar o mercado automotivo na semana passada com o lançamento do novo EcoSport, a Ford volta a chamar a atenção do mundo com mais um produto global: a nova geração do Fusion, sedã da grande da marca americana. Totalmente remodelado o novo Ford Fusion foi apresentado na última segunda-feira durante a abertura do Salão de Detroit para os jornalistas.

 

Novo Fusion 2013

 

O Fusion 2013 incorpora o modelo “One Ford“, que será a base dos próximos lançamentos globais da marca, entre compactos e médios, e que foi visto no protótipo Evos, exibido recentemente no Salão de Frankfurt, em setembro passado. A grande frontal grande e os faróis finos dão o toque esportivo ao sedã. Mas a traseira no ficou tão agressiva, porém não destoa das linhas modernas do modelo. Por dentro o novo Fusion também ficou mais elegante. Detalhes em prata deixaram seu painel mais moderno, mas sem perder a classe.

 

Novo Fusion 2013

 

O novo Fusion tem sistema “start-stop”, tração integral e cambio de seis marchas (manual ou automático). Afirma a montadora norte-americana, que o novo Fusion; o primeiro sedã; a ter versões com motor a gasolina, híbrido (combinação de motor a combustível e elétrico) e “plug-in” (híbrido cuja bateria pode ser carregada na tomada). Na versão movida a gasolina, um motor 1.6 EcoBoost a opção mais economica entre os propulsores a combustível. De acordo com a Ford, o sedã é capaz de rodar 11 km com um litro de combustível na cidade e 15,7 km na estrada. Mas o novo Fusion Hybrid deixou o antigo motor 2.5 de lado (conhecido aqui no Brasil), e agora utiliza o mesmo 2.0 da versão a gasolina. Conforme informou a Ford, ele é capaz de fazer respeitáveis 18,7 km/l na cidade na 19,9 km/l estrada. Por fim, a nova versões “Plug-In” movida apenas por um propulsor elétrico.

 

Ela foi chamada de Fusion Energi e, conforme explicações da Ford, é capaz de rodar 100 MPGe (algo em torno de 160 km), recarga completa nas baterias feitas para o Brasil a nova geração do sedã. Ford Fusion com motor EcoBoost 2.0 a gasolina,( que segue a tendência de blocos menores, porém mais potentes), chegará ao mercado brasileiro ainda este ano, vindo do México como linha 2013. O modelo virá com o sistema Sync de comunicação e entretenimento com comando de voz.

Ford lança o Novo Ford Fusion 2013 com motor 2.5 flex no Brasil.

Novo Ford Fusion 2013

 

O novo Ford Fusion 2013 terá uma motorização exclusiva para o Brasil, como apuramos no Salão de Detroit, nos Estados Unidos. Por aqui o sedã será equipado com uma exclusiva versão 2.5 bicombustível. Além desta unidade, o novo Fusion poderá ser equipado ainda com um 2.0 EcoBoost de 250 cv, que aposenta o V6, ou na versão híbrida com um motor 2.0 acoplado a outra unidade elétrica capazes de gerar 187 cv e com autonomia anunciada de mais de 100 km.

 

Novo Ford Fusion 2013

 

Visualmente o carro lembra um pouco os modelos da Aston Martin e Jaguar. Destaque para os faróis dianteiros alargados típicos da nova linguagem visual da Ford, a ser adotada em outros carros da marca. O novo Fusion tem 4,89 metros de comprimento, 1,82 m de largura e 1,47 m de altura.

 

Novo Ford Fusion 2013

 

Fusion 2013, está totalmente renovado. O carro será um dos principais destaques do Salão de Detroit. Segundo a montadora americana, o novo Fusion é o primeiro sedã a ter versões com motor a gasolina, híbrido (combinação de motor a combustão e elétrico) e plug-in (híbrido cuja bateria pode ser carregada na tomada).

 

Novo Ford Fusion 2013

 

As duas primeiras já eram oferecidas. O Fusion incorpora o modelo “One Ford“, que será a base dos próximos lançamentos globais da marca, entre compactos e médios, e que foi visto no protótipo Evos, exibido no Salão de Frankfurt, em setembro passado. Com a nova versão plug-in, a montadora também promete consumo menor do que o de concorrentes como o Chervolet Volt e o Toyota Prius.

Video mostra em detalhe o Novo Ford Fusion 2013.

 

O carro é equipado com motor EcoBoost, que segue a tendência de blocos menores, porém mais potentes. Outro destaque que a Ford dá para o Fusion é a economia de combustível: para a versão 1.6, a montadora afirma que o consumo será, em média, de 11 km/l na cidade e 15,7 km/l na estrada; no Fusion 2012 esses números ficaram em 9,7 km/l e 14,4 km/l. O carro também será oferecido com motores 2.0 e 2.5.

 

Na versão híbrida, o Fusion conta com nova bateria de íon-lítio no lugar da bateria de níquel metal, o que, segundo a Ford, permitiu economizar no peso e aumentar a potência. Com ela, o sedã chega a 99 km/h com motor elétrico, ante aos 75,6 km/h da versão anterior. Ele é combinado com um bloco 2.0 a gasolina que promete a mesma potência do 2.5 que equipava o Fusion híbrido até então. Juntos, permitem que o consumo do sedã diminua para 19,9 km/l na cidade e 18,7 km/l na estrada, contra 17,4 km/l e 15,3 km/l na geração anterior.

Fotos do Novo Ford Fusion 2013 vai virar líder dos sedãs.

Novo Ford Fusion 2013

 

Novo Ford Fusion 2013

 

Novo Ford Fusion 2013

 

Novo Ford Fusion 2013

 

 

Com a apresentação do Novo Ford Fusion 2013, a Ford se coloca na briga para liderar o segmento de sedãs médios nos Estados Unidos. Dominado pelo Toyota Camry e por Honda Accord, o mercado norte-americano agora conta com um modelo disponível nas versões a gasolina, elétrico e nas variações híbridas. A aposta da Ford é que os compradores optem pelo modelo tendo em vista uma opção maior que os elétricos Chevrolet Volt ou Toyota Prius. As variações em design e alta tecnologia também garantem o apelo com o qual a marca pretende reconquistar o mercado. As vendas do Fusion no mercado norte-americano cresceram 13% no último ano, fechando 2011 com 248.067 unidades vendidas. Apresentado ao mundo em 2005, o sedã só apresentou crescimento nas vendas, exceto em 2008, quando sua comercialização mostrou 1% de queda. No último ano, o Fusion atingiu a marca do quarto maior sedã do mercado em vendas, atrás de Accord (253,599), Nissan Altima (268,981) e do mais vendido Camry (308,510). Os sedãs médios representaram cerca de 52% do mercado de automóveis dos Estados Unidos em 2011.

Fotos de Novo Ford Fusion com Rodas Aro 22.

Novo Ford Fusion com Rodas Aro 22

Novo Ford Fusion com Rodas Aro 22

 

Fotos de Novo Ford Fusion com Rodas Aro 22.